Ex-presidente Lula desiste de 22 das 86 testemunhas

O ex-presidente, Lula, depois de atritos com o juiz federal, Sergio Moro, desistiu de 22 testemunhas das 86 que seriam ouvidas em ação criminal, além de pedir a troca de mais seis.

O processo é o segundo da Lava Jato a tramitar na Justiça Federal de Curitiba e foi aberto depois do que condenou o petista a 9 anos e 6 meses de prisão.

Entre os nomes retirados até esta sexta, 14, estão os dos ex-ministros Jorge Hage, Alexandre Padilha, Jaques Wagner e Aldo Rebelo. Os três primeiros já haviam sido ouvidos na ação do tríplex e os depoimentos foram compartilhados no segundo processo.Já Rebelo teve a audiência anterior cancelada e novamente não depôs, desta vez por problemas de saúde.

O conflito entre Moro e Lula começou porque o magistrado reclamava do reúso de testemunhas que poderiam ser substituídas, sem prejuízo, por prova emprestadas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *