Juiz Sérgio Moro condena o ex-presidente Lula da Silva a mais de nove anos de cadeia

O juiz federal, Sérgio Moro, jogou um balde água fria nas pretensões do ex-presidente do Brasil, Lula da Silva, em disputar a cadeira de chefe da nação – com chances de vitória –  no pleito eleitoral do próximo ano.

Pois é . . .

O magistrado, responsável pela ‘Operação Lava Jato’, em Curitiba, condenou nesta quarta-feira, 12 de julho, a nove anos e meio de prisão,  o principal nome PTista ao Palácio do Planalto por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá.

A sentença diz respeito à acusação de que Lula teria recebido propina da OAS em contratos celebrados com a Petrobras. Entre as vantagens recebidas por Lula, de acordo com a acusação, estaria o apartamento tríplex no balneário do Guarujá (SP).

Esta é a primeira vez que um ex-presidente do Brasil é condenado por corrupção.

RN poderá ganhar nova rota de voo internacional

As negociações entre empresas aéreas e o Governo do Estado para abrir rotas de voos no Aeroporto Internacional de Natal estão se intensificando. O governador Robinson Faria e o secretário de Estado do Turismo, Ruy Gaspar, estiveram hoje (12), com o diretor Cláudio Neves Borges da Gol Linhas Aéreas e Federico Macio, dono da operadora GIT, em São Paulo, e saíram da reunião com a promessa do destino Córdoba (ARG)/Natal operando até o fim de 2017. “Estamos com boa perspectiva a respeito deste novo voo e vamos aguardar a confirmação com otimismo”, destaca Robinson.

“Também garantimos a operação do voo para Buenos Aires, neste período de adequações do aeroporto, operando somente durante o dia e voltando à frequência normal no final do ano, na alta temporada”, acrescentou o governador. O preço das passagens praticado em Natal também foi pautado e será analisado pela companhia. “Abordamos a questão de forma a posicionar melhor a capital potiguar, principalmente quando temos nossos valores equiparados a capitais vizinhas”, explicou Robinson.

Mais cedo o governador esteve reunido com o vice-presidente da CVC, Valter Patriani, na sede da operadora em Santo André. Na oportunidade foi discutido o fortalecimento da parceria da maior operadora de Turismo da América Latina com o RN, visando o aumento do fluxo turístico para o estado. “Estamos buscando fomentar a atividade que mais gera emprego e renda para o RN”, pontuou o chefe do Executivo estadual.

ALRN: Deputado Galeno Torquato ressaltou atuação política do ex-prefeito de São Miguel, Sebastião Fernandes

O deputado Galeno Torquato (PSD) ressaltou, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa dessa quarta-feira (12), a atuação política do ex-prefeito de São Miguel, Sebastião Fernandes, que morreu ontem. Sebastião é irmão do deputado Raimundo Fernandes (PSDB).

“Sebastião Fernandes foi prefeito de São Miguel entre os anos de 1989 e 1992 e fez uma boa gestão no município, se dedicando à cidade”, disse Galeno Torquato, que foi prefeito da cidade em 2005 e reeleito em 2008, permanecendo à frente da prefeitura até 2012.

Sebastião Fernandes também foi vice-prefeito do município na administração de Dario Vieira de Almeida entre os anos de 2001 e 2004.

Durante a sessão plenária, os deputados Gustavo Carvalho (PSDB) e Carlos Augusto Maia (PSD) registraram voto de pesar pela morte do político.

Pior recessão da história foi superada’, avalia Henrique Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, destacou, nesta quarta-feira (12/7), que “a economia brasileira apresenta sinais significativos de que a pior recessão da história foi superada”. Ele reconheceu que, para o país ter crescimento sustentável, será necessário investimento em infraestrutura de vários portes.

Meirelles participou do anúncio das Medidas para a Estruturação de Projetos de Infraestrutura pelos Estados e Municípios, com a assinatura de uma medida provisória que cria um fundo com participação de recursos da União. “Para aumentarmos a capacidade de crescimento, esse governo conduz uma série de reformas que visam melhorar a capacidade de investimento e reduzir a burocracia. E o investimento em infraestrutura é a espinha dorsal na capacidade de o país voltar a crescer”, afirmou.

“Há uma natural limitação de recursos públicos. Por isso, é importante evitar que alguns grandes projetos sejam monopolizadores de todo o orçamento de investimento do país”, completou ele, reforçando que existem R$ 80 bilhões de projetos em infraestrutura que estão sendo priorizados pelo governo para a concessão para a iniciativa privada e que, para isso, existem fundos de pensão estrangeiros interessados nessas oportunidades de longo prazo. “Embora haja limitação, existe uma abundância de recursos privados interessados em investir no Brasil”, afirmou.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, também presente, iniciou a fala reiterando que, em pouco mais de um ano, o atual governo “teve grandes avanços” no sentido da retomada da credibilidade econômica. “Conseguimos controlar a inflação, acabar com a recessão, reduzir os juros, reduzir cargos e ministérios e tomar uma série de ações no sentido de conter os gastos públicos, como a emenda do teto, e de ações para o controle de fraudes”, afirmou. Ele garantiu que não haverá impacto no Orçamento desses investimentos, pois eles estão incluídos no PAC.

Mobilidade

De acordo com o Ministério das Cidades, estão previstos R$ 5,7 bilhões em investimentos para mobilidade urbana e saneamento básico dos municípios brasileiros. A pasta informou ainda que os recursos para financiamento de obras em mobilidade nos estados e municípios somam R$ 3,7 bilhões. O cadastramento das propostas será feito por meio da Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana (Semob), do Ministério das Cidades, e o valor mínimo será de R$ 500 mil e, o máximo, de R$ 30 milhões, dependendo do número de habitantes. Os R$ 2 bilhões restantes serão destinados para obras de saneamento e o processo de seleção da primeira etapa das obras será iniciado no próximo dia 24 e se estende até 9 de março de 2018.